Galileu Galilei e a Inquisição

Nas aulas finais do Jornal do Aluno dos segundos e terceiros anos aborda-se um pouco da história da ciência ou, mais especificamente, de uma mudança de paradigma que ficou conhecida como “A revolução Copernicana”. Um dos personagens citados que exerceu papel central nessa trama foi Galileu Galilei.

Dentre seus muitos feitos, Galileu Galilei foi também um defensor da mobilidade da Terra e, também por causa disso, foi levado ao Tribunal da Inquisição sob a acusação de heresia (um pecado cometido contra os ensinamentos da Igreja Católica). A história é longa e complexa, mas seu final foi coroado com um documento em que Galileu Galilei renega suas crenças para ser poupado do resto do processo de Inquisição (veja as “fofocas” no final dessa matéria) e receber uma pena menor (prisão domiciliar).

O documento de Galileu renegando suas crenças heréticas é conhecido como “A abjuração de Galileu” e se encontra disponível no museu de Firenze (Itália). Como é um documento histórico importante e, sob muitos aspectos, “didático”, forneço a seguir uma tradução dele. A tradução é de minha responsabilidade e baseia-se no original italiano e em versões traduzidas para o inglês.

Eu, Galileu Galilei, filho do falecido Vicenzio Galileu, de Florença, tendo 70 anos de idade, sendo trazido pessoalmente a julgamento, e ajoelhado diante de vós, Eminentíssimos e Revenrendíssimos Lordes Cardeais, Inquisidores Gerais da Comunidade Cristã universal contra a depravação herética, tendo diante de meus olhos o Sagrado Evangelho que toco com as minhas próprias mãos, juro que sempre acreditei, acredito agora, e com a ajuda de Deus continuarei acreditando no futuro em todo artigo que a Santa Igreja Católica Apostólica Romana mantém, ensina e prega. Mas por ter sido ordenado, por este Conselho, a abandonar completamente a falsa opinião que mantém que o Sol é o centro do universo e imóvel, e que a Terra não é o centro do mesmo e que se move, e que eu não vou manter, defender nem ensinar de nenhuma outra maneira, nem oralmente nem por escrito, essa dita falsa doutrina; e que mesmo depois de ter recebido uma notificação que disse que essa doutrina é contrária às Sagradas Escrituras, eu escrevi e publiquei um livro no qual eu considerei correta essa doutrina condenada e levei adiante argumentos muito persuasivos em seu favor sem lhes responder: Eu fui julgado veementemente suspeito de heresia, por ter assegurado e acreditado que o Sol está no centro do universo e é imóvel, e que a Terra não está no centro e que se move. Dessa forma, a fim de remover completamente das mentes de Vossas Eminências e de todos os cristão fiéis essa veemente suspeita acertadamente mantida contra mim, eu abjuro com o coração sincero e a fé mais pura esses erros e heresias, e amaldiçoo e destesto os referidos erros e heresias, bem como todo erro, heresia ou seita contrária à Santa Igreja Católica. E eu juro que no futuro não direi nem asseverarei oralmente ou por escrito essas coisas nem aquelas que me forem similarmente suspeitas; e se eu ficar sabendo de algum herético, ou de um suspeito de heresia, eu irei denunciá-lo para este Santo Ofício, ou para o Inquisidor ou para o Ordinário do lugar onde eu estiver.

Algumas pequenas fofocas sobre Galileu

Dizem, as más línguas, que Galileu tinha tanta ou mais inteligência que Giordano Bruno mas que, apesar de terem as mesmas crenças sobre o modelo copernicano, Galileu não era tão dado ao heroísmo quanto Giordano.

Nos processos de Inquisição da época, como forma inicial de pressionar e impressionar os acusados, estes eram levados até as salas de tortura onde o carrasco lhes apresentava os instrumentos utilizados para que o acusado confessasse suas heresias. Dizem que Galileu não teve estômago nem para passar para a próxima fase, que era um interrogatório formal, ainda sem tortura física. Pura maldade dessa gente faladeira?

Galileu também foi religioso e também foi condenado pela inquisição por suas idéias heréticas a respeito do movimento da Terra, mas conseguiu escapar da fogueira, ao contrário de Giordano Bruno e, tendo abjurado, cumpriu prisão domiciliar pelo resto da vida. Conta-se que ao sair da sala de interrogatório, onde teve que jurar serem falsas suas crenças sobre o movimento da Terra, juramento que Giordano se negou a fazer e por isso foi queimado, Galileu visivelmente irritado teria sussurrado: “Mas que ela se move se move!”.

Em 1982, o papa João Paulo II retirou as acusações de heresia feitas contra Galileu pela Santa Inquisição e em 1992, 360 anos após sua condenação, Galileu foi reconhecido como “físico genial” pelo papa. Desde então a Terra já pode girar em paz ao redor do Sol.

9 Respostas to “Galileu Galilei e a Inquisição”

  1. Fernando Carvalho Says:

    Olá,professor José Carlos.
    Tomei um hipoglicemiante e vim aqui. Chamou-me atenção no texto do Galileu, um texto curto, o fato de ele repetir duas vezes que o sol é fixo e fica no centro do universo e que terra não fica no centro e se move. Uma maneira que ele encontrou de escrotizar, sem levantar suspeitas, os inquisidores.
    Um abraço.
    Fernando (autor de O livro negro do açúcar)

  2. tania tanatus Says:

    Prof. Zé

    Não é a primeira vez que venho ao seu blog e ao “profjc.net”. A cada vez, penso que todos que foram alunos (em épocas distantes..)ou que são alunos ainda, deveriam ter tido um professor como você. ‘Sorte’ daqueles que o tiveram ou têm como professor; ‘sorte’, a minha, de poder compartilhar com eles a sua admirável capacidade de ser Mestre.
    Parabéns pelo post! Parabéns e obrigada, por tudo!

    tanatus

  3. Jaqueline Says:

    Gostei muito da informação e foi muito ultil a minha pesquisa
    Obrigado se nhores criadores

  4. karin Says:

    valew

  5. Ingrid Says:

    Parabéns pelo artigo.

  6. Rachel Says:

    Lii as informações está Ok .. mais acho que deveria complementar mais alguma coisa ! *-*
    Soou assim , faloo o que eu gostoo ou não !(aprendi com a minha professora.. Marli )amo ela !
    não pense isso como uma vingança ..
    Muito Obrigada ..

  7. edson Says:

    parabens ficou otimo criadores, ajudou muito no meu trabalho obr

  8. gabriel Says:

    obrigado me ajudaram muito no trabalho

  9. karla bianca Says:

    obrigado me ajudaram muito no meu TRABALHO de escola ……

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: